Roubo de cargas dobrou na Bahia

O roubo de cargas na Bahia dobrou entre 2011 e 2016, segundo estudo da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, a Firjan. Neste período, os registros pularam de 215 em 2011 para 441 em 2016. Porém, comparando apenas 2015 com o ano passado, as ocorrências aumentaram menos, cerca de 1,1%. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a BR-242 lidera o ranking das mais perigosas na Bahia, com 50 casos. A segunda mais perigosa é a BR-116, com 26 ocorrências, seguida da BR-324, com 25 registros. Completam a lista a BR-110, com 16 e a BR-101, com 13 roubos. A média é de mais de uma carga saqueada por dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *